Arábia Saudita | O último episódio da mini-série no YouTube

Caros(as) Seguidores(as) d’O MIGS,

Partilhados o primeiro e segundo episódios da mini-série documental, intitulada “Saudi Arabia – a destination in the making” (“Arábia Saudita – um destino em produção”), no decorrer da segunda metade de 2020 (clica AQUI para assistires ao primeiro episódio e AQUI para o segundo), eis que, neste final de ano, chega a altura de concluir esta história, com o lançamento do terceiro – e último – episódio.

Como havia referido, este documentário é o produto da reunião e edição de vários vídeos filmados durante a minha viagem ao Reino da Arábia Saudita, em Fevereiro e Março de 2020. Recordo, também, que a ideia só surgiu após o regresso a Portugal, pelo que nenhum vídeo foi filmado com a intenção de realizar esta mini-série documental.

Neste último episódio, levo-vos na verdadeira viagem, desvendando, em vídeo, alguns dos locais mais deslumbrantes do país, onde as histórias e lendas do país se contam, em séculos de História. São estes locais que se tornarão os principais porta-estandartes da imagem turística da Arábia Saudita .

Por fim, relembro que a carga jornalística é mais evidente neste projecto, deixando de parte a clássica figura do Migs que acompanha os tradicionais relatos, aqui no blogue.

Para ver o vídeo basta carregar na imagem abaixo.

Título: Saudi Arabia: A destination in the making (Arábia Saudita: Um destino em produção);

Ano: 2020;

Duração: 5 min. 14 seg.

Uma vez mais, aguardarei pelos vossos comentários, na esperança de poder continuar a evoluir e melhorar, para trazer sempre melhor conteúdo. É por conteúdo de qualidade que tudo o que faço aqui n’O MIGS se rege. E vocês contribuem em larga escala para o resultado final. Obrigado!

Por fim, expresso o meu desejo de um feliz ano novo e o meu profundo agradecimento por continuarem a seguir este projecto e a deixarem, com frequência, as vossas ideias, críticas, os vossos comentários e o vosso apoio. Que 2021 represente uma esperança de regresso à normalidade!

M I G S


Gostaste da aventura e queres saber mais sobre o destino? Clica AQUI para mais informações sobre a Arábia Saudita!

18 thoughts on “Arábia Saudita | O último episódio da mini-série no YouTube

  1. Eu gosto muito dos seus vídeos, Miguel. Desta vez, achei um pouco diferentes dos dois anteriores. Notei trechos com velocidades diferentes. As cenas com macacos trouxe-me mtas reflexões.
    Que o próximo ano seja esperança e traga novos projetos!

    Liked by 1 person

    1. Olá! Muito obrigado pelo comentário e pela atenção aos vídeos, como sempre 🙂
      Tentei explorar caminhos diferentes nos três vídeos, porque, apesar de tudo, esta é a minha primeira experiência com edição e assim vou tentando aprender mais coisas e diferentes.
      Aproveito para deixar duas questões. O ritmo diferente afectou de forma positiva ou negativa? E quanto à questão dos macacos, há alguma pergunta específica que eu possa responder? 🙂
      Desejo-lhe um óptimo ano 2021, Silvana, e muito obrigado por continuar a fazer-me estas visitas ao blog ao final destes anos! Um abraço!

      Liked by 1 person

      1. Quando há diferenças de ritmo sinto alguma tontura. É como a sensação q alguns tem (eu tenho) de ler com o carro ou autocarro em movimento .
        Mesmo assim vejo os vídeos. Rsrs Geralmente, esses formatos de vídeos ocorrem em lugares proibidos para filmagem ou situação de perigo.

        Liked by 1 person

      2. Certo. Compreendo essa sensação das mudanças repentinas de ritmo. Será algo que passarei a ter mais em conta em vídeos futuros!
        Quanto à questão dos macacos, os animais estão livres nas montanhas, o seu habitat natural. Não se paga nada. Quem conduzir pelas estradas que cruzam a montanha, encontrará de certeza estes curiosos animais 🙂

        Liked by 1 person

  2. Sempre sou honesta no que escrevo e aqui também serei. A verdade é que neste vídeo senti menos equilíbrio/harmonia que nos anteriores, prevalecendo um certo ecletismo. Como se o objectivo fosse “aproveitar” as sequências filmadas que ainda havia.
    No fundo senti alguma falta de ligação entre as várias sequências/imagens, apesar das palavras tudo fazerem para isso não se sentir. Mas gosto muito do acompanhamento musical, como sempre, aliás
    Pessoalmente não aprecio as aproximações bruscas de um plano e não percebo muito bem o porquê da última sequência acelerada do mar/ondulação. Mas Miguel, eu não percebo nada de linhas/teorias de filmagem de vídeos! Sou totalmente leiga nisto!
    Contudo, acho plausível este sentir numa última compilação, uma vez que, como o Miguel sempre diz, nada foi filmado seguindo um guião pré-definido. E lidar com o “empirismo” não é fácil!
    Mas isso não lhe tira o interesse, de modo algum. E estou certa que tudo isto irá contribuir para algo ainda melhor em futuras experiências.
    Desejo o melhor 2021e que ele seja mais facilitador de novas viagens e consequentes projectos!

    Liked by 1 person

    1. E eu só posso agradecer a sua sinceridade, Dulce, porque será por críticas construtivas deste género que poderei melhorar no futuro.
      Percebo perfeitamente e digo-lhe que a sua intuição está 100% certa. Confesso que me vi mais limitado para tentar fechar o ciclo neste último vídeo, pela falta de material disponível. Como referiu, esforcei-me para que as palavras dessem a orientação necessária e que poderia falhar visualmente.
      No que toca ao entendimento teórico e técnico de edição de vídeos, estamos numa situação idêntica. Precisamente porque queria aprender mais nesta área, decidi arriscar com este projecto. Mas terei os seus comentários em consideração no futuro. Muito obrigado!
      Agradeço-lhe, ainda, o desejo de um excelente ano e claro, retribuo-lho. Obrigado por continuar a seguir este espaço, ao fim destes (ainda) curtos anos 🙂

      Liked by 1 person

  3. Olá Migs,
    Desculpa a resposta tão tardia. Já tive a oportunidade de ver o teu vídeo no Youtube e deixei uma apreciação. Contudo, visualizando os vídeos anteriores sobre o tema, achei este um pouco “apressado” no que toca ás filmagens e menos “profundo”. Pode ter sido impressão minha, olha que não sou muito boa a aprofundar. Mas até cheguei a ir ao anterior e visualiza-lo novamente, senti algo diferente. Todos possuem registos diferentes, apesar de uma linha orientadora comum, mas neste ultimo não sei… as filmagens rápidas e curtas senti, aceleração. pode ter sido apenas o meu sentir.
    A parte musical está exelente, em todas!
    E a parte documental, como sempre, interessante com curiosidades e informação muito boa.
    São um registo diferente do que proporcionas no blogue, nos vídeos não sinto muito a “viagem contigo” mas sim algo mais documental, com profundas analises. Não é uma critica, mas um sentir diferente.
    No geral gostei, muito. E acredito que seja difícil e complicado fazer este tipo de documentários (falo por tentativas minhas que sei o trabalho que dá e não o conseguiria fazer e transmitir o que consegues, ainda para mais sozinho, este tipo de trabalho por norma requer outras áreas e outras “ajudas”, para ser tudo realizado por ti só tenho a dar nota 10).
    Um abraço e continua, as explorações fazem parte do processo, para evoluir, melhorar e encontrar o que nos identifica.

    Liked by 1 person

    1. Olá Irina! Antes de mais, quero agradecer-te o apoio constante e a presença nas mais variadas plataformas onde partilho conteúdo 🙂
      Tenho também de pedir desculpa por te vir responder apenas agora, quase uma semana depois do teu comentário, mas têm sido horas preenchidas (felizmente) – finalmente defendi a tese de mestrado (e com sucesso)!
      Quanto ao vídeo e ao comentário, compreendo essa sensação. De facto, o registo dos vídeos é muito diferente e distante do registo aqui do blogue, mas é assim propositadamente. Percebo também o que sentiste neste último vídeo. Como já referi, aliás, não foi fácil fazer a conjugação perfeita entre a imagem e o texto, porque já estava a ficar muito limitado pelo material ainda disponível. No entanto, sinto que o texto era obrigatório ser assim, para fechar o ciclo da melhor forma possível. Este foi um percurso de muita aprendizagem e sinto-me agora mais preparado para criar mais ideias deste género (da próxima vez, já pensadas atempadamente)! Muito obrigado, mais uma vez, pelas opiniões sempre sinceras e muito construtivas. Manter a qualidade padrão nem sempre é fácil, mas acredita que o feedback de quem me lê é muito responsável por manter esse nível. Um abraço!

      Liked by 1 person

  4. Olá MIguel!
    Obrigado pela partilha. Como referi relativamente aos vídeos anteriores, parece evidente a preocupação de rigor e qualidade na sua elaboração: na cadência da música e das imagens, nos comentários, na colocação da voz, de que resultou um trabalho de conjunto que julgo muito positivo e muito agradável, para quem, como eu, tem uma enorme curiosidade pelos sítios e pelas gentes. Um próximo trabalho, com imagens e planos pensados para futura edição em vídeo, pode, estou certo, resultar ainda melhor. Ficamos a aguardar com muito interesse.
    Votos de boas viagens, bom trabalho e excelente 2021!
    Abraço

    Liked by 1 person

    1. Olá! Antes de mais, agradeço e retribuo o desejo de um excelente 2021!
      Devo dizer que, de uma forma geral, fiquei muito satisfeito com o resultado final desta minha “aventura” criativa. Fico muito contente por saber que, apesar da pouca experiência, consegui dar a quem me segue, um trabalho minimamente razoável e, do ponto de vista “jornalístico”, bem feito 🙂
      Só posso ficar muito agradecido a comentários deste género, porque são a grande base de melhoria para o que fizer a seguir. Um abraço!

      Liked by 1 person

  5. Olá Miguel, pude me dedicar ao seu vídeo agora, I loved your work. Belíssimo por sinal.
    Notei um contraste diferente dos demais, uma boa resolução e cenas, achei interessante ressaltar a pandemia e seus efeitos colaterais ao turismo. Gostei das músicas, bem elaboradas e da tradução também.
    Não se devo, mas gostaria de só optar no tamanho da tradução, achei pequena, quando se assisti pelo celular fica bem mais distante. Ao todo, magnífico, estás em um bom caminho, a cada passo um novo aprendizado. Não pare… Um abraço da SiL.

    Liked by 1 person

    1. Olá Sil! Muito obrigado pela visita e pelos comentários sobre esta primeira aventura no mundo do vídeo. Fico contente por perceber que o produto final foi muito bem recebido 🙂
      No futuro, terei certamente em conta o tamanho das legendas! Foi de facto algo que me passou despercebido porque a maioria dos testes foram feitos em ecrã de computador. Obrigado pela atenção! Abraço

      Gostar

  6. Miguel, Belo trabalho.
    Gostei das músicas, importante relato sobre a pandemia. Achei as cenas lindas dos animais, mostrando sua liberdade. Gostei da narração, percebe uma preocupação no ritmo.
    Não sei se devo, mas te faço uma observação, com o tamanho da tradução, fica distante quando se assiste pelo celular, ao todo magnífico trabalho, bem autêntico. Não pare, continue.
    Peço desculpas, só consegui ver agora.
    I loved your Work. It’s beautiful.
    Um abraço da SiL.

    Gostar

    1. Olá Danilo! Muito obrigado pelo comentário e pelas simpáticas palavras sobre o conteúdo deste mini documentário sobre a Arábia Saudita. É uma região do mundo donde nos costumam chegar mais más notícias do que boas e é por isso que gosto tanto de lá ir, porque de certeza que é diferente do que me mostram 😉
      Abraço!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s