Polónia | A cicatriz renascida do terror

⊗ Actualizado a 7 de Maio de 2019

Procuras histórias e relatos sobre viajar na Polónia? Nesta página, encontras importantes informações, várias dicas e o meu roteiro de viagem pela Polónia, para uma preparação segura e confiante, que te levará ao melhor do país!  

Conteúdo

  1. Artigos do Blogue
  2. Introdução
  3. Informações Gerais
  4. Itinerário
  5. Dicas de Viagem

◊ ARTIGOS DO BLOGUE

Como mencionado na política editorial do blogue – que pode ser lida no Guia para perceber O MIGS – um dos principais focos é a partilha e divulgação de histórias, experiências e aventuras em formato literário, o que não impede que se adicionem informações de carácter utilitário.

Assim, basta clicar AQUI para ler todos os artigos publicados, até ao momento, sobre a Polónia.

◊ INTRODUÇÃO

A Polónia é um localizada na região fronteiriça entre a Europa Central e a Europa de Leste. A sua capital é Varsóvia que é uma cidade em constante desenvolvimento, em particular, devido à sua quase destruição total na II Guerra Mundial.

O Migs foi à Polónia uma vez, em Fevereiro de 2012, no enquadramento de uma viagem para acompanhar o seu clube de futebol. Por este motivo, a duração da viagem foi de quatro dias e circunscreveu-se apenas a Varsóvia.

Com uma História moderna conturbada, a Polónia reemerge após a I Guerra Mundial, com a função de ser um corredor de segurança que estabelecesse uma fronteira entre a União Soviética e os países do centro europeu. As décadas seguintes revelaram-se um tumulto social, desde a invasão da Alemanha Nazi à submissão ao comunismo soviético. Só na década de 90 é que a Polónia e os polacos adquirem o controlo total da política do país, tornando-se num dos países europeus com maior crescimento económico.

 INFORMAÇÕES GERAIS 

Polónia_ID

 ITINERÁRIO 

Dia 1

Chegada a Varsóvia;
Passeio nocturno em redor do Palácio da Cultura e Ciência;

Dia 2

Palácio da Cultura e Ciência;
Centro Histórico de Varsóvia;
Palácio Presidencial;
Castelo Real de Varsóvia;
Praça do Mercado da Cidade Velha;
Estádio do Legia Warszawa e assistir ao jogo;

Dia 3

O gueto judaico de Varsóvia;
Warsaw Uprising Museum;
Sinagoga Nozyk;
Passeio pela Avenida João Paulo II;

Dia 4

Centro Histórico de Varsóvia;
Rio Vístula;
Bairro de Praga;
Saída de Varsóvia e da Polónia;

 DICAS DE VIAGEM 

Segurança

  • À data em que estive na Polónia (Fevereiro 2012), as condições de segurança nos locais onde estive eram óptimas;

Transporte

  • Apesar de nunca ter recorrido a meios de transporte públicos, com excepção do táxi no serviço aeroporto-cidade-aeroporto, a cidade de Varsóvia dispõe de uma boa rede de metro;

Dicas Gerais

  • Sendo Varsóvia uma cidade plana, andar a pé é recomendável, pois é a melhor forma de se conhecer a capital polaca, permitindo explorar espaços inacessíveis de outro modo (em particular no centro histórico) e sentir o ritmo da cidade;
  • Dos locais por onde passei na minha estadia em Varsóvia, aconselho vivamente a visitar-se o Warsaw Uprising Museum, cujo tema principal passa pela II Guerra Mundial, exibindo modelos em tamanho real e proporcionando uma experiência interactiva muito interessante ao visitante;
  • Se o motivo da visita for idêntico ao meu – evento desportivo – é necessário tomar-se as devidas precauções. Em particular, as claques de apoio ao Legia Warszawa têm a reputação de serem manifestamente agressivas para com os adeptos das equipas visitantes. É importante seguir as indicações das forças policiais;
  • À data em que estive em Varsóvia, nos locais mais turísticos, o inglês era falado fluentemente pela maioria das pessoas, contudo, no quotidiano, há ainda uma larga percentagem de polacos que não domina o idioma;
Advertisement